RegrasPortalCalendárioFAQBuscarInícioRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Quedas e Colisões

Ir em baixo 
AutorMensagem
A Pedra Filosofal
Administrador
Administrador
avatar

Mensagens : 202

Perfil Bruxo
Habilidade: Não possui
Ano Escolar: Não possui
Casa: Indefinido

MensagemAssunto: Quedas e Colisões   Sab 1 Fev - 13:42:52

Quedas e Colisões


No departamento de Quedas e Colisões, os pacientes são tratados para curarem ossos quebrados, problemas em orgãos, etc. A principal causa destes acontecimentos são quedas de vassouras e colisões em lareiras fechadas no transporte de pó de flú.


Equipe Administrativa de Expresso Hogwarts RPG

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Chloe Kristy Moonstone
St. Mungu's
St. Mungu's
avatar

Mensagens : 45
Sangue : Puro
Idade : 28
Estou em/ Moro em : St Mungu's/ Mansão Kristy

Perfil Bruxo
Habilidade: Não possui
Ano Escolar:
Casa:

MensagemAssunto: Re: Quedas e Colisões   Qua 5 Fev - 21:27:17

Trabalhando..

Hoje tinha sido mais um dia tranquilo no St. Mungus. Desde que os comensais e aurores pararam de duelar o tempo todo para competir sobre quem tem mais poder o número de pacientes diminuiu bastante, seja de vítimas diretas ou indiretas. Os únicos setores mais movimentados eram os de acidentes, principalmente os que envolviam o ataque de alguma criatura mágica. Neste dia fui designada para cuidar de assuntos na ala de acidentes com vassouras. Com certeza era um assunto que eu me interessava muito, pois muitos bruxos costumavam a voar distraídos demais, ou em meio a alguma epifania muito recorrente e sempre se esbarravam em paredes, pontes ou em menores casos, uns com os outros. Cheguei para o meu horário e fui ao vestiário me trocar. Coloquei meu guarda-pó por cima da minha roupa e passei na recepção para pegar os prontuários dos pacientes que já estavam lá. Para minha surpresa não havia nenhum internado ou esperando para consulta ou check-up o que me rendeu mais um tempo para tomar um café que não havia tomado em casa.
Depois desse rápido desvio de caminho chego a ala de acidentes com vassouras e aproveito para preencher a ficha de hoje com meu nome e o horário de chegada. Ao virar a esquina para passar pela porta esbarro numa senhora muito bonita. Ela parecia ser mais velha que eu, mas não muito. Seu cabelo mudava de cor estranhamente e seu semblante era um tanto transtornado, parecia sentir dor. Acho que era a minha primeira paciente de hoje. Levei a mão as suas costas para ampará-la e a acompanhei até um lugar para sentar enquanto conversava. A guiei para o consultório 2 e a recomendei que sentasse na maca:
- Bom dia Senhora, eu estava bem distraída. Você está sentindo dor aonde? Sente-se na maca por favor, vou examiná-la com mais calma.
Digo pegando o estetoscópio no bolso e colocando no pescoço. Ela parecia tonta, talvez tenha batido com a cabeça...
- O que aconteceu?
Ela coloca uma das mãos na cabeça e então conta que havia caído em uma lareira cheia de entulhos ao usar o pó de flu, ultimamente é o que mais tem acontecido, as pessoas são muito descuidadas quando se trata dessas coisas, se não esta usando a lareira então porque não liga para o ministério e e cancela essa passagem?!
 Continuo examinando a jovem senhora e vejo que não a nada além de mal jeito no corpo peço que ela permaneça na maca e preparo um chá para a mesma, coloco algumas folhas de uma planta especial para dores no corpo junto.
- Tome isso! Daqui aproximadamente 20 minutos a senhora vai se sentir nova em folha! Pode aguardar na maca se quiser.
 Não costumo deixar pessoas com esse tipo de dor ocupando as macas dessa sala pois geralmente usamos bastante mas hoje não tem movimento então ela não vai atrapalhar.
- Vou deixar uma receitinha caseira pra você na recepção, quando se sentir melhor pode ir!
 Ela sorri para mim enquanto toma o chá e eu arrumo meus vidrinhos de poções no armário.


Thanks Thay Vengeance @ Cupcake Graphics


Chloe Kristy von Hunzicker

♥️ Family Kristy and von Hunzicker ♥️ Slytherin ♥️ Nurse ♥️ Married to Charles ♥️

credits @
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Khaleesi von Hunzicker
St. Mungu's
St. Mungu's
avatar

Mensagens : 8
Sangue : Puro
Idade : 25
Estou em/ Moro em : Amsterdã - Holanda

Perfil Bruxo
Habilidade: Não possui
Ano Escolar:
Casa: Indefinido

MensagemAssunto: Re: Quedas e Colisões   Qui 6 Fev - 19:47:02

No trabalho :3
 Minha noite havia sido horrível, sonhei com meu casamento, que por sinal era pra estar fazendo um ano essa semana, tudo estava lindo, do jeito que eu planejei, além da decoração perfeita, meu vestido era exatamente como o do dia, meu amado Steven estava no altar, ele sorria e eu como era de se imaginar estava emocionada mas não queria chorar, apesar de estar com maquiagem a prova d'água minha cara de choro não era muito bonita, eu caminhei em sua direção e tudo aconteceu rapidamente, assim como todas as vezes que sonhei com isso acabou naquela parte, novamente a cena de meu noivo morrendo no altar me perseguia, eu acordei chorando, apesar de eu nunca me perdoar por sua morte um dia essa dor iria passar. Hoje faz um mês que comecei a trabalhar no St. Mungu's nada me deixava mais feliz do que cuidar de crianças, eu dedicava todo o meu tempo a elas, cuidava da saúde de cada uma, me preocupava com seus ferimentos, foi a melhor profissão que eu poderia ter escolhido, salvando outras vidas eu não me sentia tão culpada por não ter salvo meu noivo... Após um tempo deitada resolvo me levantar e ir pro banho, não queria me atrasar, em dez minutos saio do banho, escolho um sapato de salto, passo um pouco de maquiagem pra esconder a cara de choro, de acordo com o relógio, ainda estava cedo, caminho até meu closet escolhi um vestido básico preto, me visto e passo um perfume. Peguei meu celular ao lado da cama joguei na bolsa e fui para o hospital, assim que chego no hospital passo na recepção pegar minha agenda com a Dóris - Bom dia! Poderia me dar minha agenda por favor?! - Dóris era uma senhora gentil diferente de algumas mulheres do mesmo bloco, tinham umas que nem olhavam na cara, mas enfim né gente assim tem em todo canto. No corredor próximo a minha sala vejo uma garotinha chorando, deveria ter uns 11 anos, seu uniforme informada que era da lufa lufa, então já sabia que era de Hogwarts, escolha que eu mesma estudei quando mais nova - Oi, quer me contar porque está chorando? - A garotinha tirou o braço que estava escondido atrás da capa e me mostrou, o sengue não me deixava ver em qual parte estava o corte, pedi que a menina se levantasse e entrasse na minha sala, fiquei chocada, o que ela fazia sozinha no hospital com o braço assim e sem atendimento?! com cuidado tirei a capa da menina ela me contou que havia prendido o braço quando desceu de uma árvore, limpei seu ferimento, em um hospital trouxa seria necessário dar uns três ou quatro pontos mas aqui temos um remédio ótimo para isso, abri meu estoque de poções e peguei um vidrinho que continha lágrimas de fênix, era raro quem tivesse, esse eu ganhei de presente de minha cunhada Chloe em meu primeiro dia no hospital, com apenas uma gotinha o ferimento da garota sumiu, eu sorri e ela mais ainda, me abraçou e agradeceu, eu peguei um pirulito do meu vidrinho na mesa e entregue a ela - Tome cuidado com as brincadeiras e deixe o doce para depois do almoço - Eu sorri e pedi que ela me acompanhasse até a recepção para alguém a levar novamente para escola. Assim que deixo a menina com Dóris volto para minha sala e vejo que meu próximo paciente seria Thomas, estava internado a dois dias após cair em um jogo de quadribol.



Khaleesi Von Hunzicker
A smile is a curve that sets everything straight.
+ Sonserina + Pediatra + Solteira + Família von Hunzicker +
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Katherine Taylor Beavuorr
St. Mungu's
St. Mungu's
avatar

Mensagens : 51
Sangue : Puro
Idade : 40
Estou em/ Moro em : Las Vegas

Perfil Bruxo
Habilidade: Não possui
Ano Escolar: Concluído
Casa: Corvinal
MensagemAssunto: Re: Quedas e Colisões   Ter 11 Fev - 11:28:36

O meu escritório estava passando por pequenas reformas para melhorar o conforto e deixá-lo mais espaçoso para cuidar da administração um pouco menos confuso. Com essa reforma, tive que ficar na sala dos funcionários junto com os meus companheiros de trabalho e amigos. Após os meus cinco minutos de descanso, peguei a minha prancheta que foi entregue por uma das recepcionistas, olhei para o meu primeiro nome da lista, Jason, e caminhei até 2º andar onde estaria a sala em que o jovem estava.
Os raios solares do inicio de tarde batiam nas janelas fazendo uma claridade agradável, deixando o hospital mais “vivo”. Escutava o barulho dos meus saltos ecoando no corredor vazio, passei rapidamente até o leito daquele andar e verifiquei o estado dos pacientes de forma simples e rápida. Fui atá a sala e encontrei o Jason deitado, com o curativo simples (simples até demais) em seu braço e rosto, e berrava por culpa da dor. Fui até ele e falava enquanto retirava o curativo. Boa tarde. Peço perdão pelo curativo e prazer, sou a Katherine. Joguei o curativo no lixo e comecei a examinar detalhadamente o acidente. Ele estava no treino de quadribol, quando bateu na parede por culpa do jogador adversário e caiu no chão, o jovem teve sorte pelo treinador ver o que ocorreu e conseguiu ajudá-lo antes que algo mais grave poderia ter ocorrido. Ele já passou por vários exames antes de vir até essa sala e a sua ficha estava marcando que ele quebrou o braço e alguns machucados no braço e no rosto, mas nada profundo.  
Meu querido, como alguma enfermeira deve ter te avisado, você quebrou o braço esquerdo, eu irei realizar um feitiço e depois de alguns minutos os ossos estarão novinhos em folha. Em questão os curativos, irei te dar uma poção e igual o feitiço, depois de alguns minutos, os machucados irão ficar melhores do que já estava e você não sentira mais arder. Deitei-o corretamente e peguei a minha varinha, expliquei que irá doer um pouco e depois apontei a varinha para o braço. Braquium remendo. O jovem começou a gritar e eu tentei acalmá-lo, dizendo que tudo ficaria bem e que ele precisava respirar fundo, mas nada adiantava. Como eu sabia que ele não iria se acalmar tão cedo, chamei uma enfermeira e pedi para que ela ficasse de olho nele por mim enquanto eu atenderia outro paciente.
(...)

Depois de atender mais dois pacientes voltei até o segundo andar e o menino estava mais calmo, mas afirmou que ainda doia um pouco. Bom, eu disse que uma parte já foi, agora é mais fácil, você irá apenas tomar uma poção um pouco amarga. Ok? Ele assentiu. Ótimo. Só um instante. Fui até o estoque de poções e peguei a poção da cura mais complexa e voltei para a sala. Enxi um copo com a poção e entreguei a ele. O mesmo agradeceu e começou a beber, apesar das caretas.
Quando ele terminou de beber a poção, levei-o até o leito do andar para ele descansar um pouco e assim que ele estava acomodado sai do leito em direção ao meu outro paciente.



Katherine {Kath} Taylor Beavuorr

Corvinal :: Family Beavuorr :: Viúva :: Mother
thanks thay vengeance @ cupcake graphics
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Chuck von Hunzicker Jr.
Sonserina
Sonserina
avatar

Mensagens : 327
Sangue : Puro
Idade : 18
Estou em/ Moro em : Hogwarts, Saint Mungu’s e Residencia dos von Hunzicker.

Perfil Bruxo
Habilidade: Animago Ilegal
Ano Escolar: 4º ano
Casa: Sonserina
MensagemAssunto: Re: Quedas e Colisões   Qui 6 Mar - 13:30:08


SHE LIVES IN A FAIRY TALE

So one day he found her crying Coiled up on the dirty ground Her prince finally came to save her And the rest she can figure out But it was a trick And the clock struck 12 Well make sure to build your house brick by boring brick Or the wolves gonna blow it down
well you built up a world of magic because your real life is tragic

Ainda na comunal da Sonserina, tirei rapidamente o uniforme de Hogwarts e vesti uma roupa simples; Jeans escuros, camiseta verde da DC e um tênis Vans preto. Na verdade eu não estava atrasado, quer dizer, eu não estaria atrasado se tivesse alguém para aparatar comigo até o St. Mungus, então teria que ir de vassoura. Assim que cheguei ao St. Mungus deixei minha vassoura no local de sempre e comecei a fazer meu trabalho. Como sempre, eu ficava com os casos mais simples, mas na maioria das vezes só observava o jeito que os medi-bruxos trabalhavam. Confesso que só por observar já aprendi muito, tudo o que sei hoje é por conta disso. Eu era apenas um estagiário, mas me sentia como um interno. Eu me dava melhor na pediatria, talvez eu pudesse ser pediatra depois que me formasse na faculdade. Mas era cedo demais para decidir algo de tal grandeza, era o meu futuro ali, e ainda faltava muito para eu me formar na faculdade, contando que ainda faltavam 06 anos para me formar em Hogwarts e mais alguns anos na faculdade. Não era hora de pensar nisso, então eu só viveria o presente, e no presente eu adorava ser estagiário no hospital do mundo bruxo.Ergui as sobrancelhas  para os medi-bruxos, curandeiros e enfermeiras que eu conhecia enquanto descia as escadas até o Térreo. Soltei um suspiro pesado enquanto pegava algumas fichas de pacientes na recepção para dar uma olhada, às vezes os médicos deixavam passar detalhes importantes sobre eles e isso não acontecia comigo por perto. Devolvia as fichas para o seu lugar de origem quando ouvi alguém gritar de dor. Meus olhos se arregalaram e tentei ouvir de onde vinha o grito. "Acidente com vassouras!". Corri em direção a sala de Acidentes com Vassouras e quando cheguei ao local me deparei com um conhecido meu deitado sobre uma maca. Aproximei-me cuidadosamente e olhei em seu rosto retorcido de dor. Hesitei ao perguntar-lhe o que aconteceu, ele não iria conseguir raciocinar no estado em que se encontrava. Olhei para sua perna ensanguentada. Ele estava com o osso da perna esquerda exposto. Antes de começar a tratar o ferimento, eu precisava anestesiá-lo. Olhei para ambos os lados para garantir de que os corredores estavam vazios, eu precisava levá-lo para uma sala privada, seria mais fácil de tratá-lo assim. Segurei na maca e comecei a puxá-la até o quarto vazio no fim do corredor. - Espera ai. Eu vou pegar alguns ingredientes para fazer uma poção para você não sentir dor. - Disse a ele. Antes de sair da sala, deixei um caldeirão tamanho médio ligado para ir esquentando até eu voltar com os ingredientes. Os cinco minutos pareciam cinco horas. Talvez fosse apenas porque eu estava com pressa e queria que tudo isso terminasse logo. O certo seria eu procurar um medi-bruxo disponível para cuidar melhor do aluno da corvinal, ele saberia mais o que fazer, mas parecia que cada minuto que passava ele ficava pior, então só me restava à dúvida; Eu cuidaria dele sozinho ou chamaria ajuda? Respirei fundo e tentei me acalmar

Afastei-me da maca onde ele estava deitado e fui até o caldeirão. Dei uma olhada por cima da fumaça e comecei a mexer os ingredientes com a colher de pau. Olhei diretamente para o relógio na parede e finalmente os cinco minutos haviam se passado. Desliguei o fogo e fui até um pequeno armário branco posicionado na parede do meu lado direito. Tirei alguns frascos vazios dali e voltei para a mesa. Cuidadosamente, comecei a encher os frascos com a poção, mergulhando-os dentro do caldeirão e tentando ao máximo não queimar minha mão. Assim que todos os frascos estavam cheios e a poção havia acabado, peguei um deles e me aproximei novamente ravino. - Provavelmente o gosto vai ser bem amargo, mas o efeito vai ser... Doce. - Hesitei na ultima palavra, tentando fazer uma brincadeira. Coloquei meu braço direito em baixo da sua cabeça e levantei-há um pouco. Então, devagar, despejei o conteúdo do frasco em sua boca. Pousei sua cabeça sobre a maca novamente e me afastei para ver sua expressão. Sentei na beirada na maca, próxima ao garoto enquanto esperava ver algum resultado - Era para um profissional ter feito isso, ia ter sido mais rápido, menos doloroso e mais eficaz. - Expliquei. Ele parecia estar um pouco melhor agora. - Eu vou ver se tem mais algo que eu possa fazer. Mas, fiz um curativo temporário, ok? - Continuei a explicar o que eu havia feito. - Você vai ficar bem! - Afirmei, colocando minha mão direita em seu ombro. E Já me retirei, indo ate a recepção ver se tinha algo para fazer novamente.


t a n k s b e e c k y ♥  


Chuck von Hunzicker Jr.
Every time that you think you lost you've shine Just remember nothings brighter, you're the city lights Every time that you fade into the night Just remember you're the fire. -  ano, Sonserina, monitor da sonserina, animago Ilegal  4º Ano, Anitta ♥️
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://instagram.com/chuckhunzicker
Árthemis R. Von Chevalier
St. Mungu's
St. Mungu's
avatar

Mensagens : 191
Sangue : Puro
Idade : 30
Estou em/ Moro em : Inglaterra

Perfil Bruxo
Habilidade: Lobisomem
Ano Escolar: Concluído
Casa: Corvinal
MensagemAssunto: Re: Quedas e Colisões   Qui 6 Mar - 17:01:29


Viciada em trabalho
ops!!


Recebi um prontuário da minha primeira paciente da noite, então, subi as escadas enquanto olhava as informações. Não era nada grave, apenas uma queimadura boba no braço. Adentrei o consultório tentando parecer mais calma possível, me aproximei da paciente e dei uma olhadinha no prontuário pra relembrar o seu nome  - Boa noite Senhorita Adam, sou a doutora Árthemis e vou cuidar do seu ferimento da melhor maneira possível. Vai ficar novinha em folha. - Sorri monstrando simpatia. - Agora, por favor, venha comigo para perto da pia. – Disse pausadamente.

A mulher parecia muito impaciente e nervosa, talvez fosse à queimadura que estivesse mexendo com seu emocional. Fui até um dos armários e peguei um sabão que tinha algumas propriedades mágicas, e que sua base era de uma planta trouxa chamada babosa. Ele era usado para limpar maioria das queimaduras, e ajudava a anestesiar e a desinfetar o local. Voltei a me aproximar da moça enquanto abria o sabão - Levante a manga da sua blusa, e deixe o local da queimadura  suspenso perto da pia para que não acabe molhando tudo  - disse, e quando ela acabou de seguir minhas instruções, apontei minha varinha para o seu ferimento, acenando a mesma, fazendo uma boa quantidade de água cair no local da queimadura por um tempo. Provavelmente o local da queimadura já estava levemente anestesiado, então, comecei a passar o sabão sobre o mesmo, fazendo leves movimentos circulares.

Depois de alguns minutos fazendo isso, joguei o pequeno sabão no saquinho de lixo, e enxaguei o local até que não ficasse com resíduos do mesmo, entregando uma toalha limpa para a moça logo em seguida. Ela enxugou o local, então, apontei minha varinha para o mesmo  - Curation Ardens!  - disse, vendo o local voltando ao normal lentamente. Sorri para a mulher enquanto o ferimento ia se fechando, e não demorou muito para que tudo estivesse perfeitamente perfeito  - Prontinho, como disse antes, novinha em folha.- Bati palminhas o que fez a mulher rir. Acompanhei a mulher até a saída, indo junto, já que tinha trabalho a fazer no terceiro andar. Saio dali.

All Rights Reserved for Larissa


❛pow, pow...❜
Bitch

credits @
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Addison Corwell
St. Mungu's
St. Mungu's
avatar

Mensagens : 21
Sangue : Mestiço
Idade : 28
Estou em/ Moro em : Itália

Perfil Bruxo
Habilidade: Não possui
Ano Escolar: Concluído
Casa: Sonserina
MensagemAssunto: Re: Quedas e Colisões   Sex 28 Mar - 14:15:02


What a headache?

 
 
Depois de uma noite de bebidas e gargalhadas não sabia direito como tinha chego em casa, com a cara de quem dormi um pouco mais  de 3 horas era eu nessa amanhã. A unica coisa que pensei quando acordei pela manhã foi porque diabos eu bebi tanto?, acho que todos que ficam de ressaca fazem a si mesmo essa pergunta. Levantar da cama foi a minha primeira luta, tomei uma ducha fria, me arrumei e fui para o St.Mungus.

Cheguei como se fosse um dia comum, porque era um dia comum, a unica coisa incomum era minha cara de quem foi atropelada por 200 unicórnios. Até a tal hora só tinha uma ficha, Laura Coppola de 19 anos ferimentos por queimadura, era os ferimentos mais comuns no St.Mungus. A ficha estava incompleta, isso era o que me deixava com raiva e imagine hoje que estou morrendo de dor de cabeça.

Definitivamente não era meu dia, fui até o leito da jovem pra concluir a ficha e começar um tratamentos. Dei uma olhada nas queimaduras na mão esquerda e reparei que era pouca coisa, queimaduras de 1 grau nada muito emocionante, coloquei na ficha quais eram o tipo de queimadura, o tratamento indicado e qual tratamento eu iria usar. Ao finalizar a ficha reparei que estava faltando a data, "Oooooooooh não! hoje faz um mês que trabalho no St.Mungus e eu esqueci." como poderia? como? esquecer que há 1 mês meu sonho foi realizado.

Deixei a ficha e peguei uma vasilha com água fria e um pano para limpar os ferimentos da queimadura, a jovem estava calma e isso me intrigou, então a perguntei — Não sente dor? nem um pouquinho?— então ela me respondeu que haviam lhe dado uma porção, —Ah sim. Então eu vou limpar, depois vou passar uma pomada, enfaixar e você vai poder voltar pra casa, ok?.— comecei passando o pano molhado levemente sobre as feriadas para tirar todo resido de pele morta ou outras coisas, foi rápido porque a área de queimadura foi muito pequena. Depois que terminei de limpar, como ela já havia tomado uma dose da porção de cura não havia necessidade de passar uma pomada, fui até a menina e enfaixei sua mão —Laura, você tá liberada, suas queimaduras vão sarar em algumas horas e deixe essa faixa por 12 horas, evitar infecção ok? tenha um bom dia — a jovem me agradeceu e eu saí do seu leito.

Liberei a jovem e atualizei a sua ficha, fui até minha mesa a procura de mais fichas mas o dia estava muito calmo, então me sentei e esperei algum enfermo chegar. Enquanto sentada tentava me lembrar do que havia acontecido na noite passada, lembro de ter encontrado o...o Brett! isso! esse é o nome do rapaz, ele havia caído em cima da minha mesa e depois começamos a beber. A unica pessoa que pode me contar o que aconteceu é a Árthemis e eu não vou perguntar a ela, na verdade não vou nem tocar no assunto. Peguei um frasco da curasimples pra dar um jeito na minha dor de cabeça.

Passaram alguns minutos até que um jovem é trazido desacordado, me levantei em um pulo e fui até ele, seus sinais vitas estavam bons e logo ele iria acordar, então fui atras de outras lesões. Seus dois tornozelos haviam sofrido uma torção, então o imobilizei com uma tala e usei o feitiço anestecsi, pra ele não acordar gritando. Peguei uma ficha enquanto o rapaz ainda estava desmaiado e já coloquei qual será o tratamento do mesmo por uma ou duas semanas, torções são fáceis porém demoram a curar.

Fui até o mesmo re-ver seus sinais vitas e dá mais uma olhada se o endivido havia batido a cabeça, estava tudo normal, provavelmente foi uma batida de vassoura e ele estava sobre o efeito do álcool. Esperei por mais 20  minutos até que o mesmo acordasse, —Olá, meu nome é Addison Corwell e você estar no Saint Mungus, fique calmo.— o rapaz estava atordoado —Você teve torções nos dois tornozelos deve ficar sem andar até segunda ordem, provavelmente por 2 semanas. Me informe seu nome, seu peso e sua idade para completar a ficha e te manda pra um leito onde você vai descansar. — ele respondeu e eu terminei a ficha do mesmo, então pedi para enfermeira  fazer a transferência pra um leito.

Cansada, e agora cansada e sem energia de uma olhada no relógio e fui ajeitar minhas coisas dei uma olhada no meu celular e vi uma foto minha com o Brett, a unica coisa que eu pude fazer era rir porque estava os dois péssimos e completamente bêbados, guardei minhas coisas e arrumei as fichas. Me despedi das enfermeiras e fui pra casa.




—Falas—"Pensamentos" ♦ Ações


Addison Corwell .
 Clinico Geral • Canadians • Cause I'm a champion

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Quedas e Colisões   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Quedas e Colisões
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Suiton(Água)
» CAPÍTULO 1
» Filler 3 [Kurohoshi Rima T2]: “Rota de Colisão”
» Criando jogos em VB.NET - Colisão

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Expresso Hogwarts :: » MUNDO BRUXO :: 2° andar-
Ir para: